4 dicas do lançamento do iPhone X Apple que transformarão sua próxima apresentação em um espetáculo

As apresentações e lançamentos de produtos e serviços apple são sempre um espetáculo de criação, criatividade e bom gosto, com certeza temos algo a aprender sobre falar bem em público com eles.

O lançamento de produtos Apple dia 12 de setembro com a introdução de um novo Apple Watch, iPhone 8 e iPhone X teve tudo o que você esperaria de um lançamento apple: produtos, demos e slides impecáveis. Mas é muito mais do que isso. Um keynote da Apple tem mais em comum com um show da Broadway do que uma apresentação comercial típica, chata como vemos na maioria das apresentações e neste caso não a culpa não é do software, que poderia muito bem ser o powerpoint, mas do conceito, da mentalidade, mas este é um assunto para outro bate papo.

Aqui estão quatro recursos utilizados pela Apple que você pode usar para transformar sua próxima apresentação em uma performance vencedora:

1. O coração
O evento de setembro da Apple foi a primeira apresentação no novo Steve Jobs Theatre no campus da Apple. No início do show, as luzes se apagaram e a tela ficou escura. 

Uma frase apareceu no slide: Bem-vindo ao Steve Jobs Theatre. Notas musicais foram ouvidas, e depois uma voz. Era uma gravação de Steve Jobs. Ele disse: “Uma das maneiras pelas quais eu acredito que as pessoas expressam seu apreço pelo resto da humanidade é fazer algo maravilhoso e colocá-lo lá …”

As luzes se acenderam e o CEO da Apple, Tim Cook, apareceu no palco, claramente movido pelas palavras de seu amigo e co-fundador da Apple. “Era justo que Steve deveria abrir seu teatro”, disse ele. “O espírito de Steve sempre será parte do DNA da Apple”.

A lição: introduza produtos, mas não perca sua alma.

2. O elenco
Depois que a voz de Steve Jobs abriu a apresentação, Tim Cook entrou no palco para começar duas horas de revelações e demonstrações de produtos: um novo Apple Watch, Apple TV e dois novos iPhones (iPhone 8 e iPhone X). Cook só apareceu no palco por cerca de 35 minutos do keynote de duas horas.

Ele compartilhou o palco com dez pessoas. Eles incluíram desenvolvedores de jogos e executivos que administravam departamentos da Apple. Durante uma demonstração do novo recurso celular do Apple Watch, Williams convocou seu colega Deidre. Um video ao vivo mostrou que ela atendia a chamada enquanto estava a bordo do remo do meio do lago.

No final da apresentação, Cook apresentou o resto do elenco, perguntando a todos os funcionários da Apple no auditório para que o público pudesse celebrar as pessoas que fizeram os produtos possíveis.

Lição: compartilhe o palco com seus colegas de trabalho, parceiros ou clientes, e divirta-se com ele.

3. Os visuais
Ao contrário da maioria das apresentações empresariais, os slides da Apple não têm pontos de bala e muito pouco texto. Os slides são principalmente fotografias que complementam a narrativa. Por exemplo, nos primeiros dez minutos do evento da Apple em 12 de setembro, não houve palavras em nenhum dos slides de Tim Cook. Havia fotografias de Steve Jobs enquanto Cook dedicava o novo teatro a sua memória e fotos do novo campus da Apple chamado Apple Park.

A lição: use mais fotos do que texto para complementar sua narrativa de negócios.

4. As histórias
Como seres humanos somos movidos por histórias de outras pessoas, não por características do produto. A Apple sempre inclui histórias de clientes reais em suas notas chave. Por exemplo, Tim Cook apresentou um vídeo de clientes reais que liam suas cartas para Cook sobre como o Apple Watch mudou – ou salvou – suas vidas. Todos eram emocionais.

A audiência foi ouvida por um corredor de maratona cego, uma mulher de 99 anos e pai de uma garota de nove anos que disse: “Caro Sr. Cook, nossa filha foi recentemente diagnosticada com diabetes tipo 1. A integração de um monitor de glicose com o Apple Watch nos permite garantir que o açúcar no sangue não vá para níveis perigosamente baixos “.

A lição: os seres humanos são vidrados em história. Diga mais deles na sua apresentação. Melhor ainda, deixe seus clientes contarem suas histórias.

Tim Cook fechou a apresentação quando começou, com a inspiradora citação de Steve Jobs que abriu o show. Então ele disse: “Trabalhamos muito na Apple para criar coisas maravilhosas. Esperamos que você ame o que apresentamos hoje. Penso que Steve ficaria realmente orgulhoso deles”.

Todos os nossos alunos do curso de TRANSFORMATÓRIA, conhecem a nossa estrutura do discurso hipnótico, início impactante, conteúdo relevante e final emocionante, certamente ao assistir esta apresentação você identificará estes elementos cuidadosamente pensados, e o resultado você já sabe, um show!

Se você quer falar bem em público, ter uma oratória extraordinária, é importante entender o princípio da intencionalidade e da naturalidade, sem eles você sempre será mediocre, ordinário e frustrado.

 

Heverson Barbosa

 

Quer conhecer um pouco mais sobre a ESCOLA DOS PROTAGONISTAS, a maior referência em oratória moderna e comunicação persuasiva do Brasil?

Clique aqui! 

Oratória, comunicação, persuasão, transformatória, escola dos protagonistas, heverson barbosa.
Texto adaptado de Carmine Gallo.